Visão Notícias
A agilidade do jornalismo on-line
What’s App (14) 9 9700-2463 / 9 9760-0969
Div
Marilia/SP
Você Reporter FacebookInstagramTwitter
Univem

Postado em 11/01/2017 às 10:08

Diminuir
Aumentar
Imprimir

Morre um dos pioneiros da Medicina em Marília

Pedro Teruel Romero estava internado no hospital da Unimar e faleceu aos 92 anos.
  1. Pedro Teruel (na foto como vereador na Câmara) faleceu aos 92 anos.

Considerado um dos pioneiros da Medicina na região de Marília, o médico urologista Pedro Teruel Romero, faleceu no início da madrugada de hoje após ficar internado no Hospital da Universidade de Marília. O seu corpo já está sendo velado na Casa do Médico (avenida Pedro de Toledo) e o sepultamento será logo mais às 17h, no cemitério da Saudade.

Pedro Teruel na época como vereador.

Pedro Teruel Romero nasceu em Monte Alto/SP, mas mudou-se para Marília ainda menino, em 1929, mesmo ano da emancipação política e administrativa do município. Em 1952, formou-se médico pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Fez pós-graduação na Argentina e no Japão, especializando-se em Urologia. Doutor e livre-docente pela Santa Casa de São Paulo, Teruel apresentou inúmeras contribuições em Jornadas, Congressos Médicos e publicou diversos trabalhos científicos em revistas nacionais e internacionais.

Com uma carreira brilhante, mais de 50 anos na Medicina e há 40 anos na Famema (Faculdade de Medicina de Marília), era sempre bem-humorado, tendo se aposentado da instituição em março de 2008. Antes disso, em 2003 recebeu a Medalha do Mérito Famema e em 2004 foi agraciado com o título de professor Honoris Causa da Instituição.

Foi vereador em dois mandatos (1964/1968 e 1993/1996). Recebeu o título de "cidadão mariliense" e "cidadão getulinense". Foi autor de obras como "Demagogia e Corrupção: Duas Paixões" e "Ética, Cidadania e Ciência".

CURIOSIDADE - Em janeiro de 1997 ficou conhecido em todo o país ao fazer o reimplante quase total do pênis de um homem que foi decepado pela própria mulher, durante uma discussão do casal. O caso ocorreu em Marília.

Na época, a vítima de 37 anos teve 70% do órgão cortado por uma faca. "A cirurgia de reconstituição, feita pelo urologista Pedro Teruel Romero, demorou duas horas. O paciente recebeu 20 pontos, entre internos e externos", informou na época o jornal "Folha de São Paulo".

Colégio Assembleiano
Unimar Vestibular
Notícias / Veja Também
Life
Lounge Boss Barbearia
515 Pizza & Grill
T-Print
Dinamar
Anuncie
© Copyright 2015. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com Home   /   Quem Somos   /   Parceiros   /   Anuncie Aqui   /   Fale Conosco
Desenvolvido por StrikeOn