Visão Notícias
A agilidade do jornalismo on-line
What’s App (14) 9 9700-2463 / 9 9760-0969
Div
Marilia/SP
Você Reporter FacebookInstagramTwitter
FISK

Postado em 10/01/2017 às 08:10

Diminuir
Aumentar
Imprimir

Cristiano Ronaldo ganha prêmio de melhor jogador do ano da Fifa

É mais um capítulo da briga entre o português e o argentino Lionel Messi
  1. O português Cristiano Ronaldo conquistou o quarto título.

O português Cristiano Ronaldo foi eleito melhor jogador de futebol do mundo pela quarta vez, informou a Agência Brasil. O português do Real Madrid faturou o prêmio "The Best", dado pela Fifa, em cerimônia realizada em Zurique, na Suíça. Esse é mais um capítulo do duelo entre o argentino Lionel Messi e o português pelo título de melhor do mundo. Além de Ronaldo, os outros dois finalistas foram Messi, do Barcelona, e o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid.

Jogador ao receber mais um título. 

"Estou muito feliz. Queria agradecer, em primeiro lugar, aos meus companheiros, da seleção [portuguesa] e do Real Madrid, e à minha família. Gostaria de dizer que 2016 foi o melhor ano da minha carreira. Depois do que eu ganhei na seleção e no meu clube, não tinha dúvidas de que poderia ganhar [o prêmio]”, disse o português.

Ronaldo teve, de fato, um 2016 marcante. Ganhou a Eurocopa – o torneio de seleções mais importante do continente – com o time de Portugal e, com o Real Madrid, faturou a Champions League e o Mundial Interclubes.

A rivalidade entre Ronaldo e Messi na disputa do prêmio de melhor jogador de futebol completou dez anos. Desde 2007 os dois brigam pela honraria, com exceção de 2010, quando o português não ficou entre os três mais votados. A partir daí, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo passaram a se revezar na preferência mundial.

MARTA DESBANCADA - No feminino, a norte-americana Carli Lloyd foi eleita a melhor jogadora do mundo pela Fifa. Ela "desbancou" a brasileira Marta, pela segunda vez consecutiva.

Aos 34 anos, Lloyd se estabeleceu de vez como uma das maiores jogadoras do mundo em 2016. Se não conseguiu levar os Estados Unidos a uma medalha na Olimpíada do Rio - caiu nas quartas de final -, mostrou mais uma vez um grande futebol com as cores do país e de sua equipe, o Houston Dash.

Apesar da segunda conquista de Lloyd, Marta segue como a maior vencedora do Prêmio Melhor do Mundo da Fifa, sendo a escolhida por cinco vezes consecutivas, entre 2006 e 2010. Esta, aliás, foi a 12.ª vez que a brasileira foi uma das finalistas da premiação.

Colégio Assembleiano
Unimar Vestibular
Notícias / Veja Também
Férias Marília Shopping
Life
GOU Clínicas
Reaver
Preço Certo
Vera Bolos
© Copyright 2015. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita do visaonoticias.com Home   /   Quem Somos   /   Parceiros   /   Anuncie Aqui   /   Fale Conosco
Desenvolvido por StrikeOn