Visão Notícias
Postado em 14/06/2019 às 19:30
‘Toy Story 4’ tem final inesperado, mas garante boas risadas

Quem não consegue esquecer as peripécias do destemido e carismático xerife Woody e do seu parceiro inusitado, o astronauta intergaláctico Buzz Ligthyear, tem um destino certo: a sala de cinema mais perto da sua casa.

Isso porque acaba de estrear no Brasil o quarto longa da franquia de animação ‘Toy Story’, que desde a década de 1990 vem encantando gerações e conquistando fãs de todas as idades!

Mas, desta vez, os produtores preferiram esquecer o tom dramático e de despedida encarnado nas últimas cenas de ‘Toy Story 3’ (minutos que muitos marmanjos e marmanjas foram aos prantos, principalmente por reconhecer a despedida da infância naqueles instantes finais).

Agora, portanto, adotaram a comédia e o riso para o desfecho da trama. A franquia, que em 1995 revolucionou o modo de fazer animação, soube se reinventar para chegar com frescor ao ano de 2019.

Quem sabe o nome de cor dos personagens – na verdade, brinquedos que ganham vida e ação à revelia do mundo das crianças e adultos – saberá o que aconteceu com algumas figuras que ficaram de fora da sequência.

Os críticos avisam: os adultos, que em 1995 eram pequeninos e se encantaram com os movimentos de Woody, Buzz e toda a trupe, podem ir ao cinema tranquilos, não irão acabar o filme em lágrimas.

 

Compartilhe |
Desenvolvido por StrikeOn.
© 2015 - Visão Notícias. Todos os Direitos Reservados.